Cidades
Publicada em 14/04/2018 - 19h31min

Ferraz de Vasconcelos

Vereador Primo Ceará morre ao sofrer infarto aos 58 anos

Parlamentar estava no primeiro mandato; agora, a professora Rose Fitness assumirá o lugar dele na Câmara

Foto: Divulgação

Parlamentar será sepultado hoje às 10 horas no Cemitério Cambiri, na cidade
O vereador de Ferraz de Vasconcelos, Lairton Dantas Pessoa (PRB), o Primo Ceará, morreu de infarto fulminante, na manhã de ontem. O parlamentar, de 58 anos, sentiu-se mal em sua casa, no Jardim Castelo, quando se preparava para viajar com a família a Campos do Jordão, no interior paulista. Apesar de ter sido socorrido até o Hospital Regional Dr. Osíris Florindo Coelho, na Vila Corrêa, Primo Ceará morreu por volta das 7h30 do sábado.
O corpo do vereador foi velado na Câmara Municipal, no centro, desde às 16 horas. Já o sepultamento acontece hoje, às 10h, no cemitério Cambiri. O parlamentar exercia o seu primeiro mandato eletivo e, durante a sua breve carreira política no Legislativo, fez da simplicidade a sua principal característica. Na prática, em quase 14 meses no exercício do cargo, Primo Ceará raramente usou a tribuna da Casa. Mesmo assim, sempre em parceria com o colega da bancada do PRB, José Nelson Ferreira, o Pastor Nelson, apresentou dois projetos de lei.
O primeiro proíbe o corte no fornecimento de energia e de água, respectivamente, pela Bandeirante e Sabesp, das 12h de sexta-feira até às 8h de segunda-feira. Além disso, o texto veta o desligamento também das 12h do último dia útil antes de qualquer feriado nacional, estadual e municipal e ponto facultativo até às 8h do primeiro dia útil subsequente. Já a segunda matéria recém-aprovada pelo plenário obriga a Sabesp a instalar válvulas ventosas para evitar problemas de ar aprisionado nas redes de abastecimento.
Em sua primeira eleição municipal, em 2016, Primo Ceará obteve 1.030 votos nas urnas alcançando, portanto, a 11ª colocação de um total de 17 cadeiras na Câmara Municipal. O vereador, apesar do apelido, não era cearense. Ele nasceu em São Miguel (RN) e foi mais um retirante nordestino que veio para São Paulo tentar a sorte, fixando residência no Jardim Brasil, na zona norte da capital paulista, no fim da década de 70. Na época, trabalhou inicialmente como metalúrgico.
Batalhador, em 1990 resolveu mudar para Ferraz de Vasconcelos. Na cidade, abriu um pequeno barzinho e, com o passar do tempo, acabou sendo transformado em um estabelecimento comercial (mercado), no Jardim Castelo. Ele deixa esposa Erivanda Souza e os filhos Larissa, Rafael e Tiago. No Legislativo será substituído pela professora Roseli Aparecida Messias Ferreira (PRB), a Rose Fitness. Em nome da Câmara, o presidente Flavio Batista de Souza (PTB), o Inha, lamentou o falecimento precoce de Primo Ceará.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos