Cidades
Publicada em 14/04/2018 - 21h20min

Gustavo Gomes*
Eleições 2018

Alto Tietê já tem mais de 20 pré-candidatos a deputados

Conforme levantamento feito pelo Grupo MN, só o PR tem seis nomes que poderão concorrer ao pleito este ano

Com o fechamento da janela partidária e de filiação tendo terminado no último dia 6, hoje a região do Alto Tietê já conta com mais de 20 pré-candidatos a deputado estadual e federal para as eleições de 2018, de acordo com o levantamento feito pelo Grupo MN.
Somente o Partido da República (PR) já tem seis nomes nas pré-candidaturas.
Alguns nomes tentam a reeleição e outros buscam ter sua cadeira cativa durante quatro anos na Assembleia Legislativa ou na Câmara dos Deputados.
Vale lembrar que, antes de ir às urnas, os pré-candidatos têm uma longa jornada pela frente. Entre os dias 20 de julho e 5 de agosto, os partidos fazem as convenções para escolher os nomes que irão a pleito no dia 7 de outubro.
Com os nomes escolhidos, as siglas têm até às 19 horas do dia 15 de agosto para enviar a lista com os candidatos que, de fato, deverão concorrer aos cargos eletivos. 
O cargo de deputado estadual é o que mais possui pré-candidatos na região. Ao todo são mais de dez em todas as cidades.
Alguns tentarão a reeleição, como os deputados Estevam Galvão (DEM), André do Prado (PR) , Marcos Damasio (PR) e Luiz Carlos Gondim, que trocou o Solidariedade (SD) pelo PTB.
Porém, outros nomes surgem como mais opções para os eleitores da região.
Entre os mais conhecidos estão o delegado Eduardo Boigues (PP), o advogado José Beraldo (PRP), o vice-prefeito de Mogi das Cruzes Juliano Abe (MDB), o vice-prefeito de Arujá Marcio Oliveira (PRB) e a primeira-dama de Itaquaquecetuba Joerly Nakashima (PR).
Outro pré-candidato será o vereador de Mogi das Cruzes, Caio Cunha (PV), que nas eleições municipais de 2016 se tornou o vereador mais votado na cidade e, agora, tentará buscar bastantes votos para chegar à Assembleia Legislativa.
A deputado federal, por sua vez, os nomes para disputar um cargo na Câmara dos Deputados em Brasília serão escolhidos "a dedo", uma vez que se trata de uma das funções muito concorrida. Junji Abe (MDB) e Marcio Alvino (PR) vão tentar continuar os mandatos por mais quatro anos.
Deputado estadual entre 2007 e 2008 e prefeito de Mogi das Cruzes entre 2009 e 2016, Marco Bertaiolli (PSD), saiu de sua gestão, frente à Prefeitura da cidade, com 77% de aprovação pela municipalidade.
Agora, ele espera que esse reconhecimento da cidade e região o leve para Brasília.
Na cidade de Suzano, surge como candidata a engenheira ambiental Juliana Cardoso (PR), bastante influente nas redes sociais e com diversos projetos na cidade e região.
Durante o levantamento feito pelo jornal, outros nomes surgiram de pré-candidatos. São eles: Mario Charutinho (PR), Cláudio Ramos (PT) e Marcelo Candido (PDT).
* Texto supervisionado pelo editor.
  • Dos vereadores mogianos, Caio Cunha deverá tentar sair candidato pelo PV
  • Junji Abe anunciou em coletiva recente a sua saída do PSD e a ida para o MDB
  • Ex-prefeito Marco Bertaiolli é virtual candidato a deputado federal pelo PSD
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos