Polícia
Publicada em 07/04/2018 - 00h10min

Lílian Pereira
Itaquá

Adolescente é morta com golpes de pedra

Suspeito detido é cunhado da jovem e confessou ter cometido o crime; a menor, portadora de necessidades especiais, teve ferimentos na cabeça

Foto: Divulgação

No local onde foi encontrado o corpo, a polícia recolheu pedras e outros materiais
A adolescente Daniela de Oliveira Bastos, de 17 anos, foi encontrada morta, ontem, na rua Piracicaba, próximo ao antigo Posto de Areia, em Itaquaquecetuba. De acordo com a polícia, a jovem era portadora de necessidades especiais e estava com ferimentos na cabeça e o rosto desfigurado. O suspeito do crime, Ermeson Lima da Soledade, é cunhado da jovem, confessou a autoria e foi preso.
A polícia chegou até o assassino após ele confessar para a esposa que havia matado a adolescente. Uma tia dela, ao saber do caso, foi até a Polícia Militar (PM) informar do homicídio e, logo, foram até a casa do homem. Lá, ele foi preso em flagrante. Há indícios de que os ferimentos encontrados no corpo da jovem tenham sido feitos com o uso de pedras e outros materiais que estavam no local.
A jovem, vítima do crime, já tinha sido ameaçada de morte pelo cunhado diversas vezes. A irmã dela contou aos policiais que os dois tinham desavenças e era "prometida de morte" por ele.
Após o assassinato, moradores do local que estavam trafegando pela via perceberam o que havia acontecido e foram atrás do homem e iniciaram um linchamento. Os policiais chegaram a tempo e conseguiram conter a briga. O homem ficou com o rosto todo machucado. A perícia esteve no local para verificar a ocorrência, que foi registrada na delegacia central da cidade.
O homem confessou ter assassinado a cunhada e foi levado para a cadeia. A Polícia Civil deve investigar o caso e o corpo da jovem foi levado para exames.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos