Polícia
Publicada em 03/03/2018 - 18h51min

Luana Nogueira
Levantamento

Roubo de carga tem aumento de 400% na cidade de Arujá

Cidade contabilizou três casos em janeiro de 2017, enquanto que no mesmo mês de 2018 foram 15 ocorrências

Foto: Mogi News

Na região, operações contra esse crime são frequentes
Arujá lidera o ranking de ocorrência de roubo de cargas no Alto Tietê. O município registrou um aumento de 400% nesses crimes, na comparação de um ano. Esse tipo de roubo também aumentou 28% nos dez municípios do Alto Tietê, durante o mesmo período. Em janeiro do ano passado, a região acumulou 28 casos ,enquanto no primeiro mês de 2018 foram 36 assaltos. As informações compõem os dados estatísticos da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), divulgados na última semana.
Em Arujá, em janeiro de 2017, a cidade contabilizou três casos. Já nos primeiros 31 dias do ano, esse montante saltou para 15 casos - praticamente um a cada dois dias.
A cidade é cortada por grandes rodovias estaduais, incluindo a Presidente Dutra, o que pode justificar o alto índice desse crime.
Em todo o ano passado, 100 cargas foram roubadas em Arujá.
De acordo com o levantamento da SSP, Itaquaquecetuba aparece em segundo lugar no ranking do roubo de cargas. Em janeiro de 2017, foram registrados seis casos no município; já no início deste ano, o número chegou a nove assaltos a caminhões, o que representa um crescimento de 50%.
Suzano contabilizou, em janeiro deste ano, cinco roubos de carga, o mesmo número registrado no início de 2017.
Em seguida, aparece Ferraz de Vasconcelos com quatro assaltos a caminhões (o mesmo montante registrado no começo do ano passado).
Mogi das Cruzes também manteve dois casos em ambos os períodos, bem como Santa Isabel, que registrou um roubo em janeiro de 2018 e um no primeiro mês de 2017.
Apenas dois municípios apresentaram redução do roubo de carga. A principal queda foi registrada em Poá, quando os crimes saíram de seis em janeiro de 2017 para nenhum nesse ano. Guararema, tinha contabilizado um registro no ano passado contra zero no início de 2018.
A SSP apontou que Biritiba Mirim e Salesópolis são os mais seguros quando se fala em roubo de carga. Tanto em janeiro de 2017, quanto no início deste ano, não foram registrados assaltos a caminhões nas duas cidades.

Carreta roubada é recuperada pela PRF

Na noite de sexta-feira, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou um semi-reboque no estacionamento de um restaurante da rodovia Presidente Dutra (SP-60), na altura de Arujá

Na noite de sexta-feira, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou um semi-reboque no estacionamento de um restaurante da rodovia Presidente Dutra (SP-60), na altura de Arujá. De acordo com informações da PRF, o veículo havia sido roubado no Rio Grande do Sul. O semi-reboque foi identificado durante fiscalização de combate ao crime, realizada pela PRF no quilômetro 196 da via Dutra.
Por volta das 20 horas, no sentido São Paulo, os agentes localizaram o veículo que tinha placas de Erechim, município do Rio Grande do Sul.
Como não havia cavalo-trator atrelado e nenhuma pessoa responsável pelo veículo, os policiais realizaram um levantamento que apontou que ele havia sido roubado na região Sul. A empresa proprietária do semi-reboque foi contatada e a carreta foi encaminhada à polícia judiciária para que fosse realizada a devolução. (L.N)
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos