Capa | Matéria
Publicada em 26/03/2018 - 12h26min

Sueller Costa

Sensibilização para o Autismo, entenda esta causa!

Em 2 de abril, celebra-se o Dia Mundial de Sensibilização para o Autismo. A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2006. E, desde então, o autismo é visto com outros olhos pela sociedade, e os portadores dessa síndrome estão recebendo mais atenção e carinho. As principais características do autista remetem à dificuldade de interagir com outras pessoas e a alguns comportamentos repetitivos. No entanto, como qualquer outra pessoa que tenha alguma diferença, tanto física qaunto cognitiva, esse público merece o respeito. E, também, a nossa amizade e companheirismo. Próximo à ocasião especial, na edição de hoje, você conhecerá um pouco mais sobre as crianças autistas.
Socialização
Caso você conheça ou venha a conhecer alguém com autismo, saiba que você pode ser uma peça fundamental para o desenvolvimento social desta pessoa. A professora e especialista em Autismo Elaine Miranda trabalha há muitos anos em prol daqueles que apresentam essa síndrome. Ela destaca que a interação na escola é o passo mais importante para a melhora dos sintomas, por isso a importância de sempre mantê-los ao redor dos demais para que possa aumentar, cada vez mais, as suas relações sociais. "As crianças auxiliam no processo de desenvolvimento de um indivíduo com autismo, principalmente, no âmbito escolar, quando a interação social, as regras e as rotinas são estabelecidas. Este é um período em que a criança encontra um ponto ideal de como conviver com o outro", explicou.
É importante destacar que o autismo não impede o portador de fazer nada que deseja ao longo de sua vida, pois, ao ser tratado com a devida atenção, ele pode realizar qualquer tarefa, desde as mais fáceis às mais difíceis. E, inclusive, exercer qualquer profissão. Temos vários exemplos que nos mostram como os autistas podem ir além. Podemos citar o jogador de futebol Lionel Messi. O argentino, que já foi eleito cinco vezes o melhor do mundo, chegou ao Barcelona com 13 anos e lá contou com a ajuda dos companheiros de time para o desenvolvimento de sua carreira. Outro destaque é Bill Gates, o mestre da tecnologia, que também foi identificado com o quadro, e deixou o seu nome registrado na história.
Segundo Elaine, a amizade é ponto fundamental para o desenvolvimento dessas pessoas. Então, se na sua escola, há crianças com autismo, aproxime-se, interaja, socialize e convide-o
para fazer parte das suas brincadeiras e dos seus estudos. Além de fazer o bem a alguém, ganhará um amigo.
Orientações
Identificar os sintomas do Transtorno do Espectro do Eutismo (TEA) quanto antes é fundamental para a realização dos devidos diagnósticos. Os pais podem identificar os sintomas quando a criança ainda é um bebê, que se comunica pelo olhar e é guiado pela voz das pessoas que o cercam. "Quando a criança tem autismo, o bebê não encontra estímulo no olhar dos pais, isso significa que o pequeno não estabelece comunicação pelos olhos e muito menos atende quando chamam seu nome", orientou a especialista.
Na fase infantil alguns sintomas podem sugerir que a criança tenha o problema, tais como: interesses restritos, um brincar não intencional, falha na comunicação, comportamentos repetitivos, seletividade alimentar, sensibilidade auditiva, dentre outros.
  • Sensibilização para o Autismo, entenda esta causa!
  • Sensibilização para o Autismo, entenda esta causa!
  • Sensibilização para o Autismo, entenda esta causa!
  • Sensibilização para o Autismo, entenda esta causa!
  • Sensibilização para o Autismo, entenda esta causa!
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos