Stilo moda & beleza
Publicada em 06/01/2018 - 22h00min

Sueller Costa
Praticidade

Armário funcional ajuda na organização das suas roupas

Alguns toques a auxiliará a se livrar do que não precisa e a ter peças que realmente usará no seu cotidiano

É comum comprarmos mais roupas do que, de fato, precisamos, e encostar várias peças no armário. Esta edição traz algumas dicas para deixar o seu armário mais funcional, retirar o acúmulo, mas sem restrições de números de peças ou regras, apenas uns toques que vão ajudar a se livrar do que não precisa e ter o que realmente vai usar.
Muitas seguem a Teoria da Pirâmide do Guarda-Roupa, a ideia é bem simples e fácil de colocar em prática. Basta ter alguns itens de cada categoria e, assim, conseguir um guarda-roupa funcional. Essa divisão vai funcionar da mesma maneira e fica mais ou menos assim: peças básicas, de trabalho, de tendência, casuais, de sair etc.
Claro que as roupas básicas têm maior porcentagem, pois é com elas que você vai combinar com uma vestimenta que tem mais tendência. As vestimentas de trabalho ocupam 20% do espaço; as casuais, 20%; as usadas para sair, 10%, como os vestidos bordados, transparências, rendas e brilhos. Já as tendências da estação ficam com os outros 10%, enquanto os acessórios com 5%.
Organize o seu espaço
O primeiro passo é avaliar onde você mora. Algumas cidades são muito quentes quase o ano inteiro, outras são mais frias, e em outras, como São Paulo, por exemplo, o clima é sempre uma incógnita. Vale a pena ter muitos casacos, malhas, botas forradas se você mora em uma cidade que faz mais calor do que frio?
O segundo passo é meio óbvio, reavalie as suas peças. É incrível como esquecemos de analisar as roupas que já temos. Retire peça por peça, e pense: Ela serve? Faz você se sentir bem? Você gosta mesmo? Combina com outras roupas e outros acessórios? Está em bom estado? Aquelas que não recebem o seu "sim" devem ser separadas para doar. Isso é tudo de bom. Já as seminovas podem ser vendidas em brechós ou na internet. Que tal? Comece, já, a providenciar o seu armário funcional.
  • Muitas seguem a Teoria da Pirâmide do Guarda-Roupa, a ideia é bem simples e fácil de colocar em prática. Basta ter alguns itens de cada categoria e, assim, conseguir um guarda-roupa funcional. Essa divisão vai funcionar da mesma maneira e fica mais ou menos assim: peças básicas, de trabalho, de tendência, casuais e de sair
  • Muitas seguem a Teoria da Pirâmide do Guarda-Roupa, a ideia é bem simples e fácil de colocar em prática. Basta ter alguns itens de cada categoria e, assim, conseguir um guarda-roupa funcional. Essa divisão vai funcionar da mesma maneira e fica mais ou menos assim: peças básicas, de trabalho, de tendência, casuais e de sair
  • Muitas seguem a Teoria da Pirâmide do Guarda-Roupa, a ideia é bem simples e fácil de colocar em prática. Basta ter alguns itens de cada categoria e, assim, conseguir um guarda-roupa funcional. Essa divisão vai funcionar da mesma maneira e fica mais ou menos assim: peças básicas, de trabalho, de tendência, casuais e de sair
  • Muitas seguem a Teoria da Pirâmide do Guarda-Roupa, a ideia é bem simples e fácil de colocar em prática. Basta ter alguns itens de cada categoria e, assim, conseguir um guarda-roupa funcional. Essa divisão vai funcionar da mesma maneira e fica mais ou menos assim: peças básicas, de trabalho, de tendência, casuais e de sair

Preparada? Oriente-se e mãos à obra!

* Roupas básicas
Invista em camisetas, camisas branca, preta, listrada, um pretinho básico não pode faltar. Também não deixe de ter calça jeans, tênis branco, mocassim, scarpin nudi ou preto, saia lápis. Pode ser a chave para ter o armário funcional dos sonhos. Isso porque, por ser básica, essas roupas são mais fáceis de combinar. Com um acessório diferente ou uma jaqueta incrível de paetês ou couro, por exemplo, você transforma o seu look. Se jogue sem medo nas peças básicas, elas são práticas e facilitam muito para alcançar o armário funcional. Foto 1

* Peças ideais
São as que combinam com pelo menos outras três peças do seu armário. Essa é a grande premissa para se ter um armário funcional. Isso porque, se você tiver uma blusa que só combina com determinada calça, por exemplo, essa peça será volume no armário. Então, quando estiver avaliando as suas roupas, fique atenta a esse detalhe importante. Foto 2

* Planeje suas compras
Este é um hábito que salva muitos do consumismo e seu bolso vai agradecer. E, ainda, evita que o seu sonhado armário acabe lotado de peças que você não vai usar. Na hora da compra, monte em sua mente looks com as peças que existem no armário. Isso vai ajudar a não levar algo que faça você se arrepender. Foto 3

* Peças-chave
Tenha aquelas roupas que você sabe que pode precisar e que combinam com tudo. Elas são ótimas. Uma jaqueta mais fashion com brilho em uma calça jeans e um sapato de salto faz toda a diferença. Ou um vestido mais fashion com tênis também é uma ótima ideia. Ter essas peças, principalmente em cores e estilos básicos, caso você não costume usá-las, é importante. Elas podem salvar a sua vida em uma situação eventual, quando precisar de algo que permita fáceis combinações. Foto 4

#Mais dicas

#Muitas vezes, a peça da moda não tem nada a ver com a gente, mas compramos mesmo assim. Abrir mão desse hábito impulsivo vai ajudar a ter um armário funcional.
#Uma pessoa que trabalha em ambiente corporativo com um guarda-roupa cheio de shorts e tênis não tem um armário funcional. Entender o que você precisa para a sua rotina e os ambientes que frequenta vai ajudar a clarear a mente.
#Inove nas combinações, não se prenda a quantidade de peças que alguém disse que deveria ter para que o seu armário seja ideal. Avalie o que você precisa e qual a melhor forma de organizar um armário funcional de acordo com a sua realidade.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos