Artigos
Publicada em 10/11/2017 - 23h59min

Contas a pagar

Como em todo final de ano, especialistas em finanças preveem que haverá um incremento importante com a injeção do 13º salário no mercado. É que com a expectativa de mais dinheiro circulante, a tendência é que, devido à proximidade do Natal e do Ano Novo, as pessoas comprem mais e beneficiem a roda gigante da economia. O problema é que muitos se esquecem que este ano, apesar das previsões otimistas dos governos, o cenário ainda não é bom, com muitas empresas quebrando.
O dinheiro do auxílio-desemprego, Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e até das rescisões trabalhistas acabam rápido e, sem a criação de mais emprego, o final do ano deverá ser magro para grande parte dos brasileiros. Assim, o futuro, a curto prazo, permanece rá uma incógnita.
Num "piscar de olhos", como é de praxe em todos os anos, aumentou o combustível, o gás de cozinha e algumas alíquotas de impostos para o ano que vem, até mesmo para cobrir o rombo deixado por administrações anteriores. Portanto, é ilusório o dinheiro esperado com o 13º, até porque muitos trabalhadores sequer o terão.
IPTU, IPVA, material escolar, rematrículas, uniformes... São inúmeras as contas para pagar no começo do ano, fora as que já são de rotina. Os preços dos alimentos também sobem a todo momento. A impressão que temos, ao "visitar" alguns supermercados, é de que estamos vivendo em um país de primeiro mundo, porém, com salário de terceiro. Por isso, além de aproveitarmos as promoções de final de ano, é uma boa aderir ao Refis que as Prefeituras estão oferecendo, para aqueles que possuem dívidas com a municipalidade. Neste sentido, a Câmara de Mogi tem se movimentado ao solicitar à Prefeitura maior prazo para pagamento dos tributos em atraso. Sem dúvida, uma boa iniciativa para o cidadão.
No entanto, a melhor medida será analisarmos bem em quem iremos votar no ano que vem para não ficarmos "chorando as pitangas" depois. Afinal, vai depender da gestão do próximo presidente da República e do combate à corrupção política, no geral, o desenvolvimento econômico do país.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos