Esportes
Publicada em 14/11/2017 - 23h16min

Revolta

Palmeiras vai pedir investigação sobre protesto

O Palmeiras publicou nota oficial na última segunda-feira para revelar que registrou boletim de ocorrência e vai solicitar a abertura de inquérito policial para apurar o protesto realizado neste domingo diante do ônibus do time. O veículo transportava o elenco para o Allianz Parque, para a partida contra o Flamengo, quando torcedores se aproximaram e arremessaram pamonha e pipocas.
Segundo o clube, dois integrantes de departamento de futebol foram atingidos por estilhaços dos vidros que foram quebrados por manifestantes que acompanhavam a saída do ônibus. O atacante Dudu comentou que o atacante Keno foi um dos atingidos. Na partida, válida pelo Campeonato Brasileiro, o Palmeiras ganhou por 2 a 0, com gols de Deyverson.
No texto assinado pelo presidente do clube, Maurício Galiotte, o Palmeiras se compromete a ajudar nas investigações. "Reitero que seguirei mantendo a política de não conceder qualquer privilégio às torcidas organizadas. O clube valoriza muito seu torcedor e respeita todos os protestos, desde que sejam feitos em local e maneira adequados. Atos de violência são inaceitáveis e por isso serão reprimidos", disse.
Conselheiro do Palmeiras e um dos líderes da torcida Mancha Alviverde, Paulo Serdan atacou na segunda-feira a decisão do presidente do clube, Maurício Galiotte, de se afastar das torcidas organizadas como resposta ao protesto realizado no último domingo. Serdan afirmou, durante transmissão ao vivo em seu Facebook, que a organizada não tem privilégios por parte da diretoria.
"O protesto foi feito sem a intenção de violência. Bateram no vidro lá e estourou, infelizmente", disse.
Serdan afirma que Galiotte lhe recebeu no clube na quinta-feira e admitiu erros. "Você assumiu a sua incompetência, assumiu para mim.
Por fim, Serdan afirma que a diretoria atual do Palmeiras merece ser alvo de um protesto similar ao feito contra o desempenho da equipe. "Tinha que jogar banana, sim, tinha que jogar pamonha, pipoca, milho. É o que vocês merecem".
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos