Polícia
Publicada em 09/11/2017 - 22h08min

Cibelli Marthos
Mogi

Polícia Civil apura situação em pátio

Funcionário está sendo investigado em inquérito instaurado pelo 3º Distrito Policial de César de Souza, devido ao sumiço de alguns carros

Foto: Mogi News

Valor de diária cobrada no local já foi alvo de queixas
A Prefeitura de Mogi não pretende iniciar um processo de investigação próprio para apurar a denúncia de que carros estariam sumindo do Pátio Municipal de César de Souza. A Polícia Civil instaurou um inquérito por apropriação indébita para investigar o caso e o Executivo afirmou que estará à disposição para auxiliar no que for necessário.
O espaço é administrado pela empresa Octágono Serviços e a investigação da polícia se dá contra o funcionário Leandro Carvalho. Isso porque a Comissão de Veículos da Delegacia Seccional de Mogi solicitou que fossem separados 47 automóveis, que seriam leiloados, e os mesmos não se encontravam no pátio. Na ocasião, Carvalho foi questionado e respondeu que os veículos tinham sido levados para o município de Casa Branca, no interior do Estado. 
Ele também foi oficiado para que trouxesse de volta os lotes de carros, já que não havia recebido autorização da polícia para fazer a transferência para outro pátio, porém, o funcionário não deu qualquer resposta para corporação até o momento.
De acordo com o delegado titular do 3º Distrito Policial (DP) de César de Souza, Alexandre Batalha, Carvalho já responde um inquérito aberto por desobediência. "Os veículos estão sumindo, o que é uma irresponsabilidade muito grande, uma demonstração de negligência da administração. É um caso gravíssimo", pontuou.
Investigação
Os serviços prestados no pátio de César de Souza e nos demais pátios da cidade também são investigados pela Câmara, por meio de uma Comissão Especial de Vereadores (CEV), que nos últimos meses apurou supostas irregularidades realizadas pela Octágono Serviços.
Segundo o vereador Mauro Araújo (PMDB), o relatório do grupo deve ser votado pela Câmara na sessão da próxima terça-feira. "Não tinha conhecimento sobre essa nova denúncia e nosso relatório já está concluído, mas posso adiantar que a comissão vai pedir que a Prefeitura rescinda o contrato com essa empresa, em função de diversas irregularidades que serão relatadas nesse documento", adiantou.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos