Polícia
Publicada em 07/10/2017 - 19h16min

Fábio Miranda
Flagrante

Dois são presos por roubo de automóvel em Itaquá

Dupla confessou ter cometido o crime utilizando uma arma falsa para render o dono do carro

Foto: Divulgação

O simulacro de arma de fogo foi apreendido e levado para a Delegacia Central
Durante patrulhamento pelo bairro Piratininga, em Itaquaquecetuba, policiais militares do 35º Batalhão prenderam dois homens por suspeita de roubo de carro, na manhã de ontem. A dupla estava com uma arma falsa quando foram flagrados pelos PMs.
A ação ocorreu pela rua João Castilho, quando os policiais pereceram um veículo Fiat Palio Weekend, ocupado por duas pessoas em atitude suspeita. Foi dado o sinal de parada, mas o motorista saiu em disparada pelas ruas do bairro. Houve uma breve perseguição, porém ambos acabaram detidos. Questionados, ambos confessaram que haviam roubado o Palio momentos antes do flagrante.
Na revista, os policiais localizaram a arma falsa, que foi apreendida e levada, junto com os suspeitos, para a Delegacia Central de Itaquá, onde o caso foi registrado. A polícia agora tentará localizar o verdadeiro dono do automóvel. Estiveram nessa ação os policiais da Força Tática, sargento Márcio, soldado Rodney e soldado Fagundes.
Já por Suzano, anteontem à tarde, policiais do 32º Batalhão localizaram pela rua Nair Nascimento Oliveira, no Miguel Badra, quatro pinos de cocaína, sendo que três deles estavam camuflados em um terreno.
Próximo ao local, duas mulheres e um homem foram detidos, uma delas estava com um pino de cocaína, e a outra com a quantia de R$ 140, mas não soube explicar a origem. O homem foi detido para averiguação porque, segundo os PMs que estiveram na ação, ele tentou fugir da abordagem ao ver a aproximação da viatura. O suspeito já tem duas passagens por tráfico de drogas. O flagrante teve apoio do cão Athos, que localizou os três pinos escondidos.
O caso, que somente chegou ao conhecido da Polícia Militar após denúncia anônima, foi registrado no 2º Distrito Policial do Boa Vista. Os pinos de cocaína foram levados para o Instituto de Criminalística (IC) para a constatação.
Compartilhe

Video

Mais vistos