Artigos
Publicada em 21/10/2017 - 20h16min

Mauro Jordão

ALEGRIA SOBERANA

No Catecismo Maior de Westminster lemos: "O fim principal do homem é glorificar a Deus e gozá-lo para sempre". A santificação nos dá três virtudes que vem do trono de Deus: amor, paz e alegria. Nós, como cristãos verdadeiros, devemos ter essa meta de prazer: a glorificação do Criador e a plena satisfação Nele.
O homem natural, distanciado de Deus, não pensa assim; para ele o fim principal do homem é ter seu próprio conforto, a sua segurança financeira, a beleza do seu corpo... Resumindo, a sua própria glória. Esse gozo na terra não é definitivo, é efêmero.
Será que vivendo na terra já podemos usufruir desse gozo celestial eterno? Como filhos amados de Deus sim, porém, semelhante e, ainda, não igual aquele da morada eterna.
Três homens, gigantes da fé, se destacam nas comemorações dos 500 anos da fé reformada neste ano, no final do mês de outubro: Agostinho (354-430 d.C), pela Graça, deixou a escravidão do prazer do pecado da lascívia, da impureza, da prostituição pela alegria eterna de estar com Deus, glorificando seu santo Nome. Lutero (1483-1546 d.C), o homem da Reforma, também, pela Graça, deixou de acender as velas da idolatria perante as imagens de escultura introduzidas pela Igreja, libertando o homem do jugo das obras meritórias que foi somado a fé, contrariando a verdade bíblica que afirma que o único caminho entre Deus e o homem para salvação é Cristo.
Qualquer outro meio de salvação acrescentado pelo desvio doutrinário da Igreja anula a plena suficiência do sacrifício de Jesus na cruz. Calvino (1509-1564), pela Graça, com alegria soberana, publica os cinco pontos explicativos da doutrina bíblica, também chamada calvinista e depois memorizada pelo acróstico TULIP: Total depravação do homem, Unconditional(inglês) eleição, Limitada expiação, Irresistível graça e Preservação dos santos.
Três homens que pela fé distribuíram no coração dos homens o amor ágape de Deus, a paz de Cristo e a alegria soberana do Espírito Santo.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos