Esportes
Publicada em 06/10/2017 - 23h45min

Eliminatórias

Brasil pretende jogar com força total contra o Chile

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Seleção chegou ontem a São Paulo onde já treinou
As Eliminatórias Sul-Americanas chegam à última rodada na próxima terça-feira com seis seleções na busca por três vagas diretas à Copa da Rússia e o lugar na repescagem. O fiel da balança pode ser o já classificado Brasil, que recebe o Chile no estádio Allianz Parque, em São Paulo, e pode, além de tirar o adversário do Mundial, ajudar a Argentina.
Mesmo já garantida, a seleção tem procurado manter o nível de desempenho e continuar com vitórias convincentes, independentemente da situação dos adversários. "A motivação nossa é maior ainda por ser o último jogo em casa. É uma forma de agradecer à torcida por tudo que fizeram. Nós não gostamos de perder, ainda mais em casa, então pode ter certeza que vamos dar 100% no jogo contra o Chile", avisou Neymar.
O Chile é o terceiro colocado com 26 pontos e em caso de derrota no estádio Allianz Parque pode ser ultrapassado por Argentina, Paraguai e pelo vencedor do confronto direto entre Peru e Colômbia, em Lima. Com a equipe de Messi em sexto lugar, uma vitória brasileira seria fundamental para tirar a seleção vizinha do sufoco. O adversário dos argentinos será o Equador, em Quito.
Ontem, cerca de 10 horas após chegar à capital paulista, a seleção fez o primeiro treino. Foi uma atividade leve, de recuperação física, no CT do São Paulo. A novidade foi a presença do zagueiro Rodrigo Caio, convocado para a vaga de Thiago Silva, cortado após sofrer lesão no jogo contra a Bolívia. (E.C.)
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos