Formando cidadão do futuro
Publicada em 24/10/2017 - 21h39min

Suéller Costa
Jornal e Educação

Capacitações do projeto se estendem aos professores de Biritiba Mirim

Após encontros com os coordenadores das unidades municipais, agora, as formações ocorrem com educadores

As formações realizadas pelo projeto Dat - Formando o Cidadão do Futuro na rede de ensino de Biritiba Mirim ganharam um novo público a partir deste semestre. Depois de uma série de encontros com os coordenadores das unidades do Ensino Fundamental I, agora, são os professores que estão participando, mensalmente, das capacitações que visam à orientação ao trabalho pedagógico realizado com o apoio do jornal. Informações sobre a atuação com recursos midiáticos em sala de aula, a estrutura dos veículos, em especial, o impresso, além de suas linguagens, nomenclaturas e gêneros discursivos estão entre as abordagens das reuniões. Além da exposição de diferentes temáticas, as coordenadoras do projeto compartilham atividades para que possam ser colocadas em prática com os alunos.
Atualmente, os educadores das turmas dos 4º e 5º anos estão participando. Dois grupos, no período da manhã e tarde, acompanharam as orientações, e, animados, participaram de todas as etapas, para, em seguida, com as suas turmas, compartilharem as ideias debatidas. A professora Roberta de Oliveira Taino, que leciona para o 5º ano na Emef Sandra Regina de Freitas Cardoso, aprovou a mudança. "Eu sou professora da rede de ensino municipal há 17 anos, e, desde o início deste projeto, nunca deixei de acompanhar o trabalho. Acredito que a oportunidade de os professores estarem em contato direto com a equipe do Diário do Alto Tietê é melhor. No primeiro encontro, inclusive, já houve uma troca de ideias muito boa e a expectativa com relação a esta iniciativa é positiva", ressaltou.
Quem também aprovou a proposta foi a professora Sandra Falque, que leciona para o 5º ano da Emef Professor João Cardoso de Siqueira Primo. "Nesse encontro entre professor e a equipe do Dat, podemos tirar as nossas dúvidas para que o resultado em sala de aula seja cada vez mais próspero. Ao participar, eu entendo melhor a proposta de cada atividade apresentada, e, assim, posso aplicá-las com os nossos alunos com maior segurança. É uma oportunidade única tanto para nós professores quanto para as nossas turmas", destacou.
Agregar novos aprendizados, trocar experiências e conhecer propostas interessantes que vêm sendo colocadas em prática pelos colegas tornam, segundo os educadores, os encontros enriquecedores. "Para nós, como professores, tudo que aprendemos de diferente e que agregue em nossas aulas é válido. Trata-se de um projeto que nós desenvolvemos há um tempo com os nossos alunos, porém, nunca tivemos a oportunidade de fazer essa capacitação. Sempre contamos com a intermediação do coordenador para auxiliar na aplicação desta iniciativa. Agora, ter a oportunidade de participar desses encontros nos ajudará ainda mais", apontou a professora Soraia Farias, que leciona para o 5º ano da Emef Regina Celia Freire de Almeida e Mello.
  • Encontro foi realizado com dois grupos, pela manhã e tarde, na Escola Nelson de Oliveira Camargo
  • "Para nós, tudo que aprendemos de diferente e que agregue em nossas aulas é válido. Gostei dessa formação"
  • "Com esses encontros podemos tirar as nossas dúvidas para que o resultado em sala de aula seja cada vez melhor"
  • "Gostei da oportunidade de os professores estarem em contato direto com a equipe do jornal Dat"

Linguagem e nomenclatura jornalísticas em debate

A línguagem jornalística e algumas nomenclaturas que permeiam este gênero discursivo foram debatidos no primeiro encontro realizado com os professores da rede municipal de Biritiba Mirim

A línguagem jornalística e algumas nomenclaturas que permeiam este gênero discursivo foram debatidos no primeiro encontro realizado com os professores da rede municipal de Biritiba Mirim. A oficina foi preparada com base no livro "Ler e Escrever", utilizado pelos professores para as aulas de Língua Portuguesa. E, dentre as unidades, uma delas está voltada ao trabalho com o texto jornalístico. Pensando nisso, a proposta aprensentou o formato do jornal, as seções, os gêneros textuais, e, por sua vez, compartilhou quatro atividades para trabalhar, de forma lúdica e dinâmica, o assunto com os alunos.
O professor Mauricio Silva de Souza, que leciona para o 4º ano da Emef Professor João Cardoso de Siqueira Primo, gostou das sugestões e irá colocá-las em prática. "Achei importante participar dessa capacitação. Estamos trabalhando com o Ler e Escrever e justo neste segundo semestre temos o projeto Jornal. Inclusive, algumas dúvidas eu já consegui perguntar à coordenadora e confesso que, a partir de agora, irá facilitar o trabalho que venho desenvolvendo com a minha turma. Em relação ao projeto Dat - Formando o Cidadão do Futuro, ele é bem-vindo em minhas aulas", finaliza o educador. (S.C.).
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos