Variedades
Publicada em 11/08/2017 - 23h08min

Vitória Fiel*
Festival

Farofa será o primeiro evento voltado somente à fotografia

Espaço de cultura Francisco Carlos Moriconi, na região central de Suzano, será palco do festival, entre os dias 18 e 20; objetivo é fomentar a discussão sobre a produção fotográfica autoral e independente no Estado

Foto: Felipe Larozza (VICE Brasil)

Felipe Larozza, editor e fotógrafo da Vice Brasil, terá os seus trabalhos expostos
No próximo fim de semana, dias 18, 19 e 20, o Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi, em Suzano, receberá o Farofa - Festival de Fotografia, primeiro evento destinado à fotografia no Alto Tietê. Realizado pelos fotógrafos Carlos Magno, Guilherme Silva e Pedro Chavedar em parceria com a Prefeitura e apoiadores, o evento contará com exposições e palestras. O espaço cultural fica na rua Benjamin Constant, 682, centro. A entrada é gratuita. Mais informações em https://www.facebook.com/farofafestivaldefotografia/.
De acordo com Chavedar, algumas ações já começaram a ser desenvolvidas pelo município. "Já estivemos nos últimos dias em duas escolas para conversarmos com os alunos e, claro, tirar muitas fotos", disse o fotografo.
Ao todo, serão realizadas oito palestras temáticas, ministradas por fotógrafos profissionais da região e do Estado de São Paulo. Para participar, não é necessário efetuar a inscrição, entretanto, é indicado chegar com 30 minutos de antecedência para cada palestra.
Dentre os expositores estarão, Felipe Larozza, editor e fotógrafo da Vice Brasil; Mel Coelho, do coletivo de mulheres Mamana; Tuane Fernandes da Mídia Ninja, além de Ivana Debertolic, do Everyday Brasil, o Coletivo Nômades, Felipe Riente, dentre outros.
"O nosso maior objetivo é fomentar a discussão da fotografia na região. Não temos esse tipo de cultura por aqui e nem o incentivo das pessoas e, principalmente, dos órgãos públicos. Queremos trazer um referencial da fotografia documental e autoral e mostrar que dá para fazer diferente e ir além do básico, como fotografias institucionais, de aniversários e qualquer outra festividade ", destacou Chavedar.
Uma novidade, segundo ele, será a colagem e exposição em pontos de ônibus na região central da cidade, de fotografias de diferentes países, como Guatemala, Argentina e México. "A ideia é levar até as pessoas imagens desses países que, geralmente, veículos tradicionais não mostram. Serão obras que ficarão expostas sempre nas ruas", detalhou.(*Texto sob supervisão do editor)

Imagens e histórias latino-americanas

Dentre os palestrantes e expositores do Farofa Festival de Fotografia, que acontece esta semana em Suzano, está Rosana Pinheiro, uma das fundadoras e representantes da Agência Plano, de São Paulo

Dentre os palestrantes e expositores do Farofa Festival de Fotografia, que acontece esta semana em Suzano, está Rosana Pinheiro, uma das fundadoras e representantes da Agência Plano, de São Paulo. Formada por jornalistas e fotógrafos, eles compartilham imagens e histórias do continente latino-americano.
"No festival, estarei presente no dia 19, às 10h30, falando um pouco sobre o fotojornalismo independente e a mídia tradicional. Levarei 18 fotos de nossos colaboradores e contarei sobre o nosso trabalho dentro da Agência Plano", disse Rosana.
De acordo com a fundadora, o projeto da Agência Plano nasceu em 2014, com o objetivo de mostrar um olhar diferenciado sobre o que é divulgado nas mídias tradicionais. "Totalmente de forma voluntária, promovemos a integração entre fotógrafos e o público, e assim procuramos levar um olhar diferente de países da América Latina, como Guatemala e El Salvador", ressaltou.
Atualmente, Rosana é a responsável pela curadoria das fotos e dos conteúdos que são publicados no site (www.agenciaplano.com) e Instagram, que já conta com cerca de cem colaboradores. Segundo ela, para se tornar um colaborador basta estar em um país da América Latina e ter um material desta mesma região. O contato pode ser feito pelo e-mail plano@gmail.com, no qual também é possível encaminhar as imagens. (V.F.)

Programação completa

Sexta-feira (18)
14 horas    Abertura das Exposições
14h30       Saída Fotográfica
(Saída com os everyday's Brasil, Suzano e Mogi. Ponto de encontro no Moriconi
19 horas    Abertura Oficial
(Com projeção com as fotos dos alunos da rede pública)
20 horas    Mesa de Abertura
(A fotografia do Século XXI)

Sábado (19)
9 horas     As Mina Pá!
(Um encontro de fotógrafas falando de fotografia)
10h30      Tamo no Corre
(Fotojornalismto independente e a mídia tradicional)
14 horas   Canson e Digidom
(A impressão Fine Art)
16 horas    Os Everyday's
(Mogi, Suzano e Brasil)
18 horas    Um Novo Olhar para o Outro
(Com gringo Coletivo e Marcos Muniz)
20 horas   Projeção e Bate Papo
(Coletivo Nômades, no Boteco Helena)

Domingo (20)
10 horas     Farofa Natural
(A Natureza no Clique)
11h30        Fotografar ou Filmar?
(Eis a questão)
Fonte: Farofa - Festival de Fotografia
Compartilhe

Video

Mais vistos