Autonews
Publicada em 12/08/2017 - 20h04min

reprovado

Fiat Mobi decepciona em teste de segurança

Carro mais barato da marca no País ganhou só duas estrelas para a proteção de crianças

O Latin NCAP divulgou no primeiro dia do mês os resultados da nova bateria de testes. Desta vez, foram avaliados os modelos Fiat Mobi (hatch subcompacto produzido e comercializado no Brasil), Chevrolet N300 (minivan para passageiros produzida na China) e Kia New Rio Sedan (sedã compacto fabricado no México). Todos os modelos decepcionaram no crash test, sendo que o Mobi conseguiu apenas uma estrela para a proteção do ocupante adulto.
O Fiat Mobi, que inclusive se posiciona como o carro mais barato da marca no País, teve ainda duas estrelas para a proteção do ocupante criança. Segundo o divulgado, o carro proporcionou proteção "marginal" ao peito dos adultos no teste de impacto frontal. A estrutura se manteve estável, mas com proteção fraca para o peito do adulto no impacto lateral.
No teste de impacto lateral, o desempenho estrutural do Mobi foi semelhante ao do Chevrolet Onix (que obteve zero estrela), com alta penetração. Por conta da falta de airbags laterais, além do desempenho estrutural ruim, o carro teve desempenho insatisfatório. A porta traseira do Fiat se abriu no teste de batida de impacto lateral, expondo os ocupantes a potenciais riscos.
Fora isso, o Mobi não dispõe de cinto de segurança de três pontos para os ocupantes de todas as posições dos bancos, tampouco o sistema Isofix para a fixação de cadeirinhas infantis no assento traseiro. No caso do Chevrolet N300, a pontuação foi de zero estrela para a proteção do ocupante adulto e uma estrela para o ocupante criança. Nos testes, foi registrado um alto risco de lesões aos ocupantes, devido à falta de airbags e a estrutura instável. A proteção do ocupante criança também foi fraca, sobretudo pelos cintos de segurança de dois pontos em dois dos três bancos da segunda fileira, onde são instaladas as cadeirinhas infantis. No teste de colisão lateral, o veículo teve proteção marginal para o tórax do adulto e ambas as portas laterais do lado impactado se abriram.
Por fim, o Kia New Rio Sedan ganhou duas estrelas para a proteção de adultos e duas estrelas para a proteção de crianças. Na colisão frontal, a estrutura se manteve estável. Já no impacto lateral, o carro teve bom desempenho estrutural, mas não proporcionou uma proteção melhor devido à ausência de airbags laterais (o carro tem apenas airbag para o motorista). Não há nem controle de estabilidade e freios ABS de série, como também o Isofix e cinto de três pontos para todos.
"É inaceitável que em 2017 os modelos mais populares sejam vendidos com padrões tão baixos de segurança, sendo que os fabricantes oferecem boa segurança padrão para todos os consumidores em mercados como os dos EUA por valores bem mais baixos. Os consumidores da América Latina não devem pagar mais por maior segurança, isso deve ser democratizada em nossa região", disse o presidente da comissão diretora do Latin NCAP, Ricardo Morales Rubio.
  • N300 também foi mal, com uma estrela para ocupante criança
  • Chevrolet Onix teve nota zero em teste feito de impacto lateral
  • Em análise feita pela Latin NCAP, veículo proporcionou apenas proteção "marginal" ao peito dos adultos no teste de impacto frontal
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos