Cidades
Publicada em 19/05/2017 - 23h16min

Luana Nogueira
75 km

Grupo de paratletas participa de ultramaratona Bertioga-Maresias

A Ultramaratona de revezamento Bertioga - Maresias será o desafio para uma equipe de paratletas. A corrida de 75 quilômetros será disputada hoje a partir das 5 horas, com largada em Bertioga e chegada em Maresias. No grupo que disputará a maratona, quatro corredores são mogianos. A ultramaratona é um dos principais eventos da categoria no circuito nacional. Com trechos de areia, asfalto e até travessia de rio, a competição é um grande desafio aos paratletas. 
De acordo com o personal trainer e treinador do grupo, Alex Munarim, essa será a primeira equipe de amputados a disputar a corrida. A maratona é dividida por trechos que contam com variados graus de dificuldade. O circuito passa pelas principais praias do litoral norte, como Riviera, Jureia e Juqueí. "Acredito que vamos chegar em Maresia por volta das 16 horas. Serão oito atletas, nos quais sete amputados e um com paralisia. Os alunos correrão de muletas e com próteses. São vários trechos que eles revezarão até completar os 75 quilômetros. Temos etapas de 5,6 km, 10 km, e o mais longo, de 14 km", ressaltou o treinador.
Treino pesado
O treinamento para a ultramaratona inclui, além das corridas, exercícios para o fortalecimento muscular. Para o treinador, a participação dos paratletas é um estímulo para outras pessoas começarem a praticar esporte. A previsão de tempo fechado para o período de prova não desanima os competidores. Munarim tem grandes expectativas para a maratona. "Eles serão a atração da competição, pois servem como espelho para todos nós. Quem os vê correndo com muletas sabe que é também consegue", ressaltou.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos