Polícia
Publicada em 11/01/2017 - 23h18min

Quebrou acordo

Casal que adotaria bebê é denunciado

A Delegacia Central de Itaquaquecetuba está investigando um caso de adoção ilegal que teria ocorrido no final do ano passado. No caso estão envolvidos a mãe biológica do bebê, que não queria a criança, e um casal que queria ficar com o filho. A história somente ficou conhecida no começo dessa semana porque a mãe procurou a Polícia Civil para explicar que o casal não tinha cumprido parte do acordo e não levou o bebê para ser amamentado.
Toda a história começou quando a mãe biológica, uma dona de casa de 32 anos, foi vítima de estupro no ano passado. O homem que a violentou era um colega de trabalho. Devido a ação criminosa, a mulher acabou ficando gravida, mas desde o início disse que não queria ter o bebê.
Um casal ficou sabendo da situação por meio de um amigo em comum e resolveu ficar com o bebê. O acordo foi selado no período final da gravidez.
O casal passou a visitar a dona de casa duas vezes por semana. A cada visita a dupla entregava uma quantia em dinheiro para ajudar financeiramente a grávida. No dia do parto, em 27 de dezembro, o casal esteve junto com a mulher, permanecendo até o dia 31, dia da alta. Na volta para casa, os três deixaram a unidade de saúde. A mãe biológica foi deixada em casa e o casal levou o bebê.
Segundo informou a dona de casa, o acordo era que o filho fosse levado para ser amamentado, mas isso não ocorreu por isso a denúncia foi feita. No final da tarde de anteontem, a criança foi localizada pela Polícia Civil e enquanto o caso não é resolvido ela ficará sob a responsabilidade do Conselho Tutelar. (F.M.)
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos