Cidades
Publicada em 11/01/2017 - 00h00min

Stefany Leandro
#vaichico

Chico ainda precisa de R$ 300 mil para realizar cirurgia na Inglaterra

Família permanece arrecadando recursos para que o menino de apenas 4 anos possa passar pelo procedimento

Foto: Divulgação

Colaboração pode ser feita por meio de doações ou compartilhando a campanha
A campanha #VaiChico que arrecada fundos para que o mogiano Francisco Marzola Benitez, de 4 anos, possa ser submetido a uma cirurgia na Inglaterra, segue a todo o vapor. No entanto, apesar de todo o sucesso que a ação tem alcançado, ainda falta pouco mais de R$ 300 mil para que o menino possa ser submetido ao procedimento visto como fundamental para assegurar sua vida.
Conforme já noticiado, Chico, como é chamado, foi diagnosticado com gastrosquise no ultrassom morfológico do primeiro trimestre da gestação. A má-formação congênita, caracterizada por defeito na parede abdominal, faz com que o intestino do bebê fique para fora do corpo. O que a princípio poderia ser resolvido de forma simples, acabou levando à retirada de parte do intestino delgado do menino. Com o órgão consideravelmente reduzido, Francisco foi então diagnosticado com Síndrome do Intestino Curto (SIC).
Após duas cirurgias para o alongamento do órgão, que não surtiram o resultado desejado, foi concluído que a única saída é realizar o procedimento cirúrgico com a técnica LIL, que possibilita 92% de chances de cura ao paciente. A cirurgia, no entanto, é realizada somente na Inglaterra e possui custo aproximado de R$ 400 mil.
Para conseguir este montante, a família tem arrecadado fundos com a campanha e também com a venda de itens personalizados com a temática #VaiChico. "São diversos produtos como camisetas, canecas e chinelos. A procura está sendo boa e isso tem contribuído para que possamos chegar ao nosso objetivo", contou Jéssica Marzola Benitez, 25, mãe de Chico.
Até a tarde de ontem cerca de R$ 90 mil já haviam sido arrecadados. O valor em caixa poderia ser maior, mas, em uma atitude nobre, a família do menino repassou R$ 40 mil angariados para que a também mogiana Isabela Diringer, de 12 anos, que sofre do mesmo problema, pudesse fazer a cirurgia. "Essa era a quantia que estava faltando para ela ir para a Inglaterra, então resolvemos colaborar. Deus tem abençoado e já estamos prestes a recuperar o que foi doado. Acredito que se as doações continuarem como estão, em um mês o Chico vai poder viajar e fazer a dele também", comentou Jéssica.
Para contribuir com a campanha, basta acessar o site www.vaichico.com.br e realizar doações de quaisquer valores. O dinheiro pode ser doado também via PayPal, Vakinha ou conta bancária. No mesmo endereço eletrônico é possível comprar os produtos. Mais informações sobre a ação podem ser obtidas diretamente com a família pelo telefone 2610-7866.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos