Artigos
Publicada em 25/11/2016 - 00h17min

Andréia Gonçalves

Alegria diária

Quando a CPTM começou a obra da estação de Suzano, para nós, moradores dessa cidade, seria uma esperança de que as viagens seria um pouco mais tranquila, direto à Luz, já que uma das coisas que mais reclamamos é a baldeação em Guaianases.
Com o andamento das obras tão moroso quanto o próprio trem, já fomos avisados que "nananinão", não teríamos isso ainda, mas algumas viagens diretas aconteceriam com frequência.
Bom, aí era contar com a sorte. Consegui algumas vezes embarcar em um desses expressos pela manhã e, mesmo indo em pé, era um alívio ir direto. Sacava um livro e nem percebia o tempo passar.
Mas, como alegria de viajante dura pouco nos trilhos, um estouro no começo deste ano parou com a alegria de termos isso. Ficamos assim por alguns meses até que eles voltaram!
Percebi que um dos horários em que ele passa pela manhã daria para eu pegar sem que me atrasasse no trabalho. Pensei cá com meus botões: se eu saísse no mesmo horário de casa, conseguiria chegar na estação de Suzano logo e pegaria em direção oposta, descendo em Brás Cubas. Inverteria a plataforma, pegando o expresso com a esperança de sentar, já que em Suzano é que lota mais. Quem nunca fez isso que atire o primeiro amendoim!
Fiz isso em uma manhã. Na primeira vez, antes de chegar em Bras Cubas, o expresso adiantou o horário e passou por mim do lado correto. Fiquei tão injuriada com a tentativa frustrada, que segui até Mogi mesmo.
Persistente que sou, na manhã seguinte, lá estava fazendo a mesma coisa, só que dessa vez, um pouco mais cedo. Ao chegar em Bras Cubas, o que acontece? Não tem passagem sem sair da estação para a plataforma oposta ou eu não vi.
Logo, tive que correr para subir as escadas, com o trem expresso parado já na plataforma, só que tive que pagar de novo e nessa demora toda o trem foi e eu fiquei..de novo!
Bom, depois dessas duas tentativas frustradas, decidi que a malandragem não faz parte mesmo da minha vida. Hoje faço minha alegria diária em pé mesmo, embarcando em Suzano. Pelo menos, vou direto até a Luz.
Compartilhe
Comentários
Comentar

Video

Mais vistos